Friday, August 03, 2007

"I used to be frightened of dying
I used to think death was the end
But that was before
I'm not scared anymore
I know that my soul will transcend

I may never find all the answers
I may never understand why
I may never prove
What I know to be true
But I know that I still have to try

If I die tomorrow
I'd be allright
Because I believe
That after we're gone
The spirit carries on

[Victoria:]
'Move on, be brave
Don't weep at my grave
Because I am no longer here
But please never let
Your memory of me disappear'

[Nicholas:]
Safe in the light that surrounds me
Free of the fear and the pain
My questioning mind
Has helped me to find
The meaning in my life again
Victoria's real
I finally feel
At peace with the girl in my dreams
And now that I'm here
It's perfectly clear
I found out what all of this means"




Acabamos aprendendo algumas coisas na vida... Como a temer somente não viver com a plenitude que se deseja... Mais textos aqui.

2 comments:

Danie said...

engraçado como a gnt sempre aprende...vivendo

vo ti add no fotolog pode?

beij0s

{amar nadhirah}_*MA* said...

De volta à casa do caramujo, onde não se importa
Onde não há lágrimas, nem sorrisos
Onde o coração bate por bater
Onde se respira por respirar
Na casa do caramujo não há céu
Não há inferno, apenas o limbo
Não há calor, tampouco frio
Não é possível distinguir o belo do feio
Porque nela não se possui olhos
E a mente está vazia
Não há nenhuma alegria, muito menos tristezas
Não há solidão porque se vive irremediavelmente só
Na casa do caramujo não há dor, nem prazeres
E tudo que se encontra nela é a certeza
De não se saber o tempo de estada
Porque, se não há vontade de ficar, tampouco há de sair
Nela não expectativas, medos, ilusões, desilusões, desejos
A casa do caramujo é a casa do nada

Fica bem, querido!