Thursday, May 31, 2007

Qual deus você acredita?

Corrente enviada por Raysla.

Não acredito em unidade, não acredito em leis e muito menos em aparição. Defino com suas frases: "acredito no espírito de todas as cosias" e "o homem é seu próprio deus". Acredito que tudo possui seu místico, sua divindade. A única coisa que faz o homem pensar em divindades a todo instante é sua incapacidade (superável) de simplesmente... ser! Basta querer ser, acreditar em você, esquecer seus medos e temores, dúvidas, anseios, desejos e aspirações. Basta você se libertar, esquecer do grande jogo de xadrez da vida, que aí então compreenderá meu conceito de divindade.

No Cabalah hebraico (atualmente, é muito difícil achar algum livro traduzido, e o judeu que o possuir dificilmente emprestará), o deus hebreu disse a seus seguidores qe não mais usassem seu nome verdadeiro, pois "quem sabe seu nome pode controlá-lo". Então, pediu que fosse chamado de" Deus", como se fosse seu real nome.

tenho que amaldiçoar 3:


Miaka
Bia Ferreira
Thales Alasso

16 comments:

monjh said...

nem eu entendo a total magnitude disso... eu só procuro sentir... e ser.

Bia Ferreira said...

Minha nossa.. fui amaldiçoada????
rsss..
não sei se acredito, mas bem que eu gostaria que existisse mesmo algo além da nossa vã filosofia....

jardim_de_pedras said...

eu estou para amaldiçoar essas maldições viu... rs


responderei, assim que estiver inspirada para isso. :*

jardim_de_pedras said...

eu estou para amaldiçoar essas maldições viu... rs


responderei, assim que estiver inspirada para isso. :*

jardim_de_pedras said...
This comment has been removed by the author.
jardim_de_pedras said...

O.o'

pode deletar se quiser... o blog enlouqueceu e publicou meu post 3 vezes.

Raysla Camelo said...

"O homem é seu próprio Deus".
Meu professor de história dizia isso "tudo posso em Deus, logo, tudo posso em mim", explicando como ele havia conseguido sucesso na vida.
Acho bacana acreditarmos nisso, mas pra mim é mais confortável acreditar que quando as coisas são erradas é porque Deus quis e não porque eu falhei.
Já ouviu que é mais fácil culpar alguém superior a nós para retirarmos nossa culpa?

Beijo, Monjh.

Alasso said...

Ah, as amáveis maldições...
Grato por vossas lembranças, ó engolidor de mão senior.
Tiros ao ar para você!

Jade said...

Acredito em tudo aquilo que eu posso tocar, sentir o cheiro, ver...

Coisas palpáveis.
Nem no amor não sei se acredito!

Rcesar said...

Ola Monjh! Obrigado pela visita e seu comentario! Quanto ao texto do post: se o ceticismo considera que a pergunta pelo ser eh mais importante, entao, a passagem pela consideracao de um ser supremo ira aparecer, como apareceu no pensamento de Husserl, por exemplo. A coisa que se seguiu nao foi opor o ser a Deus, mas simplesmente considerar as duas coisas como coisas diferentes. Tambem vou pela intuicao que vc tem: a referencia do nome de Deus hebreu eh magnifica: cada letra daas palavras na frase "Eu Sou Aquele Que Eh" resulta no som de IOD HE VAU HE, iodevau, jeovau, jeova, iaveh, como quiser. Bem, mas aih eh um longo papo, e nao um comment!!! abracaum em voce!

Renan said...

Eis algo que jamais alguém entenderá.. podem dizer que sou pessimista, porém acho que isso é o mais puro realismo.

Abraços cara;

Elza said...

Muito complicado descrever o deus em que acreditamos!
parabéns ficou muito legal, e vai se preparando que vem mais uma enquente da Raysla pra vc.
rss..
=]

Raysla Camelo said...

Mais uma corrente pra você, Monjh!
rs
Espero que goste.
Beijo.

monjh said...

o deus judaico-islã-cristão é prepotente e narcisista - quer ser chamado pelo próprio adjetivo que o define... rs

silviano said...

vixi que povo sabido....

Amar Yasmine do AQUILIS said...

Monjh, meu Amado e Belo Amigo!

"o deus judaico-islã-cristão é prepotente e narcisista"

Acho que ele é também totalitarista e um ditador que não admitiu dividir o poder. A natureza que atribuem à sua criação é por demais cruel, vide que a lei é sempre do mais forte. Não gosto deste deus e o acho incompetente. Quem sabe, também sacana. Se ele fosse "onipresente, onisciente e espírito perfeitíssimo", como eu aprendi num colégio de freiras onde infelizmente estudei, não permitiria que os mais fracos sucumbissem sempre sob as garras dos mais fortes. Ou então, esta foi sua primeira criação e ele não sabia de nada.
Me disseram que eu posso despertar a ira divina ao afirmar isto, então eu pergunto: A ira não é um pecado capital??? Que deus é este que comete pecados capitais??? Eu heim...

Doces besos, meu Querido!