Wednesday, May 02, 2007


O gosto turvo na garganta, um medo receoso, ansiedade...


É a falta de ar, o vazio nos olhos, as palavras enevoadas... É um misto de dúvida com dor, recheado de vontade de sumir...



Eu perdi meu rosto na chuva...

7 comments:

Fabiane Colling said...

queria perder meu rosto na chuva!!!
=DDD~~

jardim_de_pedras said...

perdeu porque quis.

jardim_de_pedras said...

Preocupa não que nunca mais te importuno com esse assunto.

jardim_de_pedras said...

Já entendi a muito tempo.

Só estou dizendo que nunca mais toco nesse assunto.

jardim_de_pedras said...

vc é muito diferente do que eu achei que fosse.

Raysla Camelo said...

"Eu perdi meu rosto na chuva"
Alguém me disse que a gente vive se perdendo de nós mesmos e que às vezes devemos nos reinventar para não deixarmos de existir.

Monjh!!!
Escrevendo pra você achei a solução pra mim... mas isso eu só te conto depois.
;)

Agora, como se reinventar, isso não me contaram... se contassem, certamente eu não estaria meio morta agora.

Beijo!

Isa Mozzer said...

E eu gostei muito.
Tem muito de alma e sentimento nisso aqui.
:)