Monday, April 02, 2007

Carta a um certo "Anônimo"

De que adianta respirar cada dia sem uma reflexão crítica? De que adianta a gratidão se não podemos nem ao menos ver nossa real sombra no espelho? De que adianta bailarmos com anjos se toda vez que vemos demônios viramos o rosto? De que adianta abraçar o espírito juvenil de um querubim se negamos que podemos ser tão tirânicos como um diabo? De que adianta a vida se não podemos ser sinceros diante dela? De que adianta vivermos em sociedade se somos escravos da vontade dela, e sempre escondemos nossas reais vontades?

Não há sentido numa vida em que eu não possa ser sincero sobre minhas vontades, meus desejos, meus temores e desatinos. Quero uma vida em que eu possa experimentar mais, viver mais, sentir mais. Quero poder sentir o ar, respirar fundo, quero poder dizer que fiz algo porque eu acho certo, porque eu quero, porque eu sinto, não porque o mundo me diz para isso. Quero ver mais do que mandos a desatino.

Você e eu sabemos bem quem você é. Além de ser fácil identificá-lo pela escrita, suas idéias também mostram sua face. Deveria parar de me achar o centro do pessimismo e começar a enxergar o porquê de minhas críticas. Talvez, meu caro, eu queira é fazer com que o mundo possa refletir sobre isso, seja destruindo mundos ou re-criando sonhos...

Largue seus preconceitos a meu respeito. É como um jogo de xadrez: só quero conseguir a habilidade de jogar as peças no chão, levantar da cadeira e sair desse jogo fúnebre...

7 comments:

Isa Dora said...

E é tão importante ser sincero com os seus próprios desejos...

Nienna said...

Emos não tem raiva. ^^" Pára de me chamar de emo. rs

Fabiane Colling said...

que droga, eu vou te criticar sim!!!
eu gosto sempre de colar uma parte do texto da pessoa no meu comente falar.. "mt bom"
mas porra.. tá td bom!!
auhauhauhahauiaahuahuaia
ahhhhhhhhhh

nunca achei a primeira frase de um texto bom pra caralho a ponto de colar, mas a sua é meio q minha concepção de vida, assim!!
"De que adianta respirar cada dia sem uma reflexão crítica?"
ééééééééééé
é isso aí..
vc foi meu ápice hj!! ^^

"Quero poder sentir o ar, respirar fundo, quero poder dizer que fiz algo porque eu acho certo, porque eu quero, porque eu sinto, não porque o mundo me diz para isso"
é de novo
auhauihuahauhauia

e pra não deixar de falar..
puta q o pariu.. teu final foi fantástico!!
mesmo mesmo!!

fora q tens tda a razão sobre o assunto em si.. às vezes bate um negócio de "foda-se, eu só quero me expressar, então cala a boca"
mas ás vezes tbm é tão legal ser criticado, qr dizerq vc tá ali e mesmo eles achando errado, estão te lendo, te ouvindo
e isso é demais, MESMO!!!

bjão
=**

jardim_de_pedras said...

acho que vc não percebeu que as mudanças a que me refiro são em MIM e que eu critico a mim mesma e não a vizinho nenhum.

jardim_de_pedras said...

é um texto. só isso.
não tente usá-lo para me dar indiretas.

Raquel Camargo said...

você por aqui! =D

Raysla Camelo said...

Tá na hora, tá na hora... tá na hora de atualizar!!!

Beijos, Monjh.