Tuesday, December 19, 2006

O jogo do logro

A mentira é uma arte.

Difícil entender como ainda a tratam como se fosse mera banalidade. A mentira é uma arte, a arte de se fazer passar por quem você quer ser. A arte de convencer qualquer pessoa de qualquer coisa. A arte de simular habilidade a leigos e experts no assunto. Com um mínimo de conhecimento e sabendo usar os mecanismos certos, qualquer um pode ser aquele ator gaúcho tentando a sorte em São Paulo, o jovem jornalista que ainda vive no sonho, o boêmio cafajeste... Basta acreditar e ser veemente.

Tem de saber usar seus olhos. Tem de saber olhar nos olhos da pessoa e ser capaz de dizer qualquer coisa, sem perder a concentração. Tem de saber usar sua linguagem corporal, movimentar corretamente suas mãos, braços, pernas, rosto, lábios, etc. Tem de saber usar a fala, dizer as palavras corretas na hora correta, sorrir da maneira certa. Tem de tentar convencer a si mesmo do que está fazendo. E, acima de tudo, fazer com que isso não pareça forçado.

Assim o é com a sedução. Se você perder o medo ridículo do toco e saber sorrir, esquecer discursos prontos e agir de uma maneira tal que, no mínimo, PAREÇA natural, você conquista quem for. Se você conseguir convencer a si mesmo que é capaz de levar uma mulher ao paraíso por horas consecutivas na cama usando de sutilezas bem simples, você convencerá até sua mãe disso.



O mais engraçado é que isso tudo eu só aprendi manipulando todo mundo ao meu redor... E tem gente que ainda me dá confiança...

10 comments:

Wer said...

... afinal, verdade não é aquilo que acontece, mas aquilo que todos acreditam ser... ;)

Interessante a abordagem, tio o.o

pill =] said...

nussa monhj...
fiquei com medo de ti agora...
=p

Rcesar said...

O ingles tem uma palavra que eles prezam muito que eh "genuine". Sua teoria falha quanto supoe que o artista podera encontrar, com facilidade e alguns recursos corporais, o modo correto para se passar por algo que ele nao eh. Ao fazer isso, estara fazendo forcosa e forcadamente uma copia de alguma imagem - um cliche-, e esse esforco eh o oposto de coisas e pessoas genuinas, que via de regra sao fenomenos sem a menor consciencia deles mesmos. Atencao nao eh confianca. Um abracaum!

Lanark said...

Belo texto.


Gostei do blog.

Luisa Blue said...

Ah sim, meu caro, a mentira pe uma arte... mas deve ser bem usada pra (como qq outra coisa) não tornar-se banal...
muito bom texto.. e gostei da letra do stratovarius aí embaixo também... só não manda mais email pra o hotmail por que EU NÃO ABRO AQUELA PORRA!!!

Miss Supahstah said...

ahahahahahaha!
Ah, essas mentiras... Pra mim, todo mundo tá mentindo até que se prove o contrário! e tenho dito.

Monótono said...

saber mentir nao é pra qq um, e o quao melhor mentiroso vc eh, ganha as mentiras dos outros. acho uma boa habilidade, mas tem que se tomar cuidado para nao ficar paranoico. mentir é atuar, acreditar no personagem, deve-se acreditar na mentira tao profundamente que vc mesmo começará a achá-la verdade, e ai ninguem te segura... o difícil é sustentar uma mentira por muito tempo, nao se contradizer, e se for assunto sério e voce perceber que a mentira irá por água baixo deve ter a habilidade de sumir tao boa como a de mentir. pode-se conseguir muitas coisas mentindo, muitas mesmo, mas num círculo social é bom ter aliados, alguém em que se possa dizer a verdade tb, muitos grandes livros têm grande ênfase nisso, um exemplo é Crime e Castigo de Dostoiévski. Ótimo texto, abraços.

a.m. said...

As pessoas confiam em você tanto quanto você confia em si mesmo. E isso funciona com basicamente tudo: te amam tanto quanto você se ama, te fazem feliz o tanto quanto você se faz feliz, enfim, tudo isso que todo mundo sempre procura fora de si, quando tá tudo na verdade dentro. E ninguém nunca conseguirá nada de fato enquanto não descobrir isso.

E quem descobre isso, quem aprende a dominar isso, ganha a habilidade para muitas artes, inclusive para mentira...

Mas, usando-se a mesma lei que citei acima, você só recebe o que você dá...

Tudo é uma questão de escolha, enfim. Você sabe com que sua natureza lida. Apenas faça o seu melhor.

Bia Ferreira said...

cadê moço, bosta mais aqui não é?? Bia está aqui, sempre esteve.. te vejo online sempre também mas só no celular.. não manjo muito desse troço de msn, mas já saquei que pra falar contigo tenho que ter o teu numero.. so, honey.. dê seus pulos.. rsrsrsrs
saudade moço.. beijos..
Ahhh blog novo de Bia, só de Bia: www.bia-cafeeprosa.blogspot.com

Raysla Camelo said...

Apareceu no Sutiã mas não atualizou aqui... uhm... meio prazer.

Abraço a ti.