Saturday, November 25, 2006

Anseio e Palavra

Sombra da noite, enumera meus desejos;
Faz meu anseio virar realidade.
Torna luz, trevas! Volta a saber você

Sombra de máscara, acorda teu sonho;
Olha meu desafio, desacorda de teu sono.
Desacorda, desperta, olha, acode e dorme!
Olha os devaneios que criou, olha e ri!

Ser único, porém sutil e nuance.
Olha o vidro do carro, o espelho quebrado;
Olha aquilo que fez em seu passado, pesadelo.
Acorda, ignóbil, sombra mesclante,
E descobre agora quem tu és.

Faz de desafio, olha pela janela da casa,
Olha, olha e responde o que é! O que são!
Que foi, que jamais será, faltou saber;
Faltou olhar para fora, faltou olhar de torto,
Faltou a luz no fim do túnel!
Faltou...

Sobram calos, calos da dor que perdi de você,
Sobra a chance de saber, quem é que procura?
Olha, veja, descobre, saiba o que está escondido;
Olha na porta, olha o passado, olha pro presente;
Foda-se, guia a luz, final do túnel, olha e chora!
Olha...

Ser o único e não ser o primeiro, ser fútil, ser nada.
Olha, descobre, vê! O mundo não é seu, é nosso;
Ele é meu, é todinho meu, é todo meu desespero.
Agonia, grita meu pudor, minha veia que pulsa;
Pulsa em desespero, agita e descobre, puro desespero,
Pula e cai!

Levante, acode, grita, chora, chuta, luta pelo desejo,
Luta pelo desvio; desejo não se cala, se abre, mantém.
Olha, descobre, luta, espanca e melhora.
Escarra, xinga, explode, luta e acovarda, vê!
Luta e agonia, olha e prevê o hoje, foi ontem...
E será sua sepultura!

Abre, saco de morte, desejo e desvio da estrada,
Caminho, oco, espaço vazio de seu pensar.
Cala, cai, deita, chora, chora mais e paga...
Apaga a luz!

Apaga a luz, quero dormir...

8 comments:

Bia Ferreira said...

isk.. sombrio.. nasce um poeta a cada dia, vc tem jeito com as palavras...

Miaka said...

nyah.... achei bonito e... triste?

monjh said...

poesia antiga... quando eu tinha uns 16 anos...

mas elas seguem essa linha pessimista e rancorosa mesmo...

Miss Supahstah said...

Cê ficou muito chique, fazendo blog! Vou te linkar depois, me lembre!
Gostei.

Anonymous said...

Palavras bonitas e fortes. Marcando aqui minha presença! E trata de se animar e vem me apresentar a moça que não é muito chegada a caras brancas tal qual a mim... rsrs
Abraço!
Ju

Miss Supahstah said...

Vou linkar já!
E pelo menos é campeão, né? Não fica aí choramingando pra entrar em libertadores, heuhehe!

Miss Supahstah said...

ah, já te linkei e atualizei o blog, hehe!

Wer said...

Não serei pretensioso. Não gosto depoesia e ponto. Não digoque a sua foi expecialmente ruim ou boa, pq não é verdade. Mas também, o que importa minha opinião? Se sois liberado assim, que bom! ^^ :P/